segunda-feira, 9 de maio de 2011

Talvez amanhã





Talvez amanhã eu abra a janela,
Descubra vida lá fora,
Veja mais um ninho de passarinho, não sei.
Talvez amanhã eu resolva sair,
Se fizer sol, se o dia for claro...
Ah! Também tem que estar quente.
Talvez amanhã eu não ligue a TV,
Queira sair e conversar com alguém,
Alguém que não queira me usar o que eu digo.
Talvez amanhã eu me reconheça no espelho,
Talvez enlouqueça
E me esqueça de mim.




Imagem: Antonio Martins

4 comentários:

Carla Fernanda disse...

Muito bonito Katita!
A gente vive esse talvez tão de perto querida, que dá vontade de separar suas sílabas.
Beijos!!
Carla

✿ chica disse...

LIndo,Katia!

O amanhã pode ser o teu hoje...

Eu também estou esperando o amnhã, pra me olhar no espelh e ver sumir os efeitos de um tratamento cavalar , de mais de 30 dias,com cortisona que me deixou com cara de LULUZINHA,bochechuda.rssr

beijos,chica

Ligéia disse...

Talvez amanhã eu mude de ideia, e não faça nada.

Katia Cristina disse...

Ai, amigas, estou mais para concordar com a Ligéia...