terça-feira, 21 de setembro de 2010

Se quer saber o que é o amor... - Oswaldo Montenegro





“O amor indo embora
Deixou o nervo a flor da pele,
E como toda flor, a flor da pele é delicada.
É preciso andar devagar,
Nosso amor é menino dormindo
Fogo e suave.
Eu vou puxar para sempre um lençol de estrelas,
Ele vai te cobrir do frio.
E quando você me ver cuidando de alguém,
É pra que esse alguém não te machuque.
Vamos pro mundo,
Que o mundo é a nossa casa.
Solta a tua gargalhada e vamos juntos,
Olhando de lá de cima para sempre,
Os sinais do Cruzeiro do Sul.”

(Oswaldo Montenegro)



Se quiserem ouvir uma história de amor bonita ouçam os depoimentos de Oswaldo para Madalena e de Madalena para Oswaldo.
Para quem diz que o amor não existe é porque não conhece a relação dos dois.
É um amor que resiste ao tempo, um amor que já passou por muitas fases e que mesmo que não sejam mais um casal, continua existindo.
É um amor maior, que traz consigo muito respeito e dignidade.
É tão bonito de se ver que chega a dar uma certa inveja de ter passado pela vida e não ter conhecido esse tipo de sentimento.
É mais que amor de pai, de mãe, de marido e de filho. Ou talvez seja tudo isso junto.
Eu tenho um respeito enorme pela carreira de Oswaldo Montenegro, pois apesar de tudo, ele não se vendeu. Acompanho seu blog.
Gosto de ler o que escreve e fico maravilhada em vê-lo falar sobre Madalena Sales.
Se você, caro leitor, tiver dúvidas sobre a existência do amor, veja o vídeo abaixo.

video


(foto e texto originais em: http://annyarantes.arteblog.com.br/336005/DE-OSWALDO-PARA-MADALENA/ )

Nenhum comentário: