segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Aqui a gente faz parte do circo





Depois de uma péssima noite patrocinada pela light, resolvi deixar meu protesto.
Hoje, lá pelas 3 da manhã, acabou a luz. Está certo que choveu e não estava mais tão calor assim, mas acontece que uma nuvem de pernilongos resolveu aproveitar e fazer um banquete com a gente, já que tivemos que abrir a janela do quarto para poder dormir.
Às quatro da manhã, resolvemos ligar para reclamar. Lógico que a gente só liga para reclamar se está sem luz e eles insistem em pedir aquele código cretino do cliente.
A gente tem aquela luz de emergência, mas aquilo ilumina muito pouco.
Lá pelas cinco da manhã, eu desisti e fui para a cama para disputar espaço com os pernilongo que me aguardavam pacientemente.
Mais ou menos meia hora depois a luz voltou e pudemos dormir, finalmente.
Quando foi NOVE HORAS da manhã um funcionário da light está batendo em meu portão para perguntar se eu estava sem luz!
Realmente é impressionante a agilidade e presteza que a empresa tem com seus consumidores, sem falar na comunicação entre funcionários e prestadores de serviço!





2 comentários:

F. Otavio M. Silva disse...

ola, como estão as coisas.
EU passei um tempo sem postar só vivendo do ócio de refletindo, mas a gora to de volta. Dê lá uma passada no meu espeço, vou ficar lisongeado com a sua presença.
http://otaviomsilva.blogspot.com/
Forte abraço, F. Otávio M. SIlva

Luma Rosa disse...

Eles tem um prazo de 12hs para resolver o problema. Outro dia ficamos quase 72 hs sem energia - Uma rua inteira de prédios - no final da noite do primeiro dia, interfonaram para o zelador para perguntar se "alguém" tinha realizado o serviço, no que o zelador foi falar com a pessoa, tinham ido embora. Ao ligarmos para a AMPLA, esta informou que "alguém" ligou para dizer que o problema tinha sido solucionado. Isto aconteceu novamente no outro dia, quer dizer, de 12 em 12hs, enrolam a ordem de serviço. Por fim o problema só foi solucionado porque vários moradores resolveram fazer uma visitinha no escritório da concessionária. Enfim, temos que gritar por nossos direitos!
Boa semana! Beijus,